14 de setembro de 2017

Distrital Mooca adere ao programa “Adoção afetiva de escolas”

O Conselho Cívico e Cultural da Distrital Mooca da ACSP aderiu ao programa “Adoção afetiva de escolas”, por meio da sede central da entidade, e a primeira escola contemplada com a adoção é a Escola Estadual M.M.D.C.

“Esse programa, capitaneado pela assessoria especial do secretário de Educação do Estado, prevê ações de resgate da cidadania, melhoria dos índices da escola em ações básicas de reintegração com a comunidade”, explica Elizabeth Florido, coordenadora do Conselho da Distrital Mooca.

Uma das primeiras ações pensadas foi a de promover entre os alunos uma manhã de orientação profissional com dicas dadas por profissionais de diversas áreas de atuação. “Para viabilizar esse evento, que acontece no próximo dia 21 de setembro, estamos trazendo o Projeto Rumo através do Rotary Mooca, que tem essa finalidade, ou seja, ajudar os alunos, especialmente os do Ensino Médio, a encontrarem a carreira que desejam seguir”, comenta Antonio Viotto Netto, diretor vice-superintendente da Distrital Mooca e membro do Rotary.

Ao todo, serão ministradas 10 mini-palestras e bate-papos, com dicas sobre as profissões, mercado de trabalho, que disciplinas fazem parte do currículo dos cursos, entre outras dúvidas que os alunos tenham e queiram tirar nesse dia. Haverá uma sala especial da Escola Senai, que dará orientações sobre ensino técnico profissionalizante e apresentará os cursos na área das Artes Gráficas, ministrados pela escola Theobaldo De Nigris, também localizada no bairro da Mooca.

O diretor-superintendente da Distrital Mooca, Luiz Carlos Castan, apoia essa iniciativa do Conselho Cívico e Cultural junto às escolas públicas: "O jovem precisa ser estimulado a participar desde tipo de evento. Esse, que presta orientação profissional aos estudantes é de suma importância para a sua vida inteira, pois é a profissão que escolher que irå nortear o rumo de sua vida. Por isso, Projeto Rumo", disse ele, entusiasmado.


Para a diretora da escola, Ariane Valéria De Lucca Bonancéa, essa é uma oportunidade muito importante para os alunos. “Eles gostam muito. É uma fase de questionamentos que envolvem saber o que vão ser quando saírem da escola. Essa iniciativa trazida pela Distrital e pelo Rotary combina com o nosso “Projeto de Vida”, que procura trabalhar todos os aspectos do aluno, não apenas a procura da profissão, mas o que ele quer da vida e como quer atuar nela daqui para a frente”, explica.

SAIBA MAIS

O programa “Adoção afetiva das escolas”, uma iniciativa do secretário estadual de Educação do Estado, José Renato Nalini, tem como principal objetivo melhorar os índices das escolas públicas estaduais, para isso conhecendo de perto suas necessidades, características e demandas, além de iniciativas que despertam o interesse do aluno, bem como fomentar o civismo e a consciência cidadã entre os jovens. A Associação Comercial de São Paulo, através de seu Conselho Cìvico e Cultural, é parceira nesse projeto.

A escola estadual escolhida para receber o programa na Mooca foi a M.M.D.C., carinhosamente conhecida como “M”, e que já foi, por muitos anos, considerada escola modelo e muito disputada pelos pais para terem seus filhos em seus bancos escolares. Hoje, a escola mantém turmas do Fundamental e do Ensino Médio em regime integral.
O Projeto Rumo é uma das principais bandeiras do Rotary. Em vários clubes espalhados pelo Brasil há o apoio dos Rotaracts, que são os núcleos de jovens do Rotary. Muitos deles, recém-formados e ingressos no mercado de trabalho, dão depoimentos sobre suas áreas. Essa ação, do clube rotário mais antigo da Mooca, o Rotary Mooca, faz parte da nova gestão de seu atual presidente, Euclides Gonzalez, de retomada do clube que em 2018, comemora 50 anos de existência.


SERVIÇO: PROJETO RUMO NO M.M.D.C. - PROGRAMA "ADOÇÃO AFETIVA DAS ESCOLAS"
Data: 21 de setembro de 2017
Horário: 8h30
Local: E.E. M.M.D.C. - rua Cuiabá, 667